segunda-feira, 25 de outubro de 2010

(montando um parênteses)

E-mail, uma forma nova de firmar uma coisa já muito antiga... a carta.

"Lembra que te falei do medo da rotina? Percebi que não existe rotina conosco. Cada dia é como é. Nenhum é igual ao outro, nenhuma conversa é igual a outra. Eu amo isso em nós. Essa mudança que precisamos ter. Essa necessidade de mudar tudo, desde os móveis da casa até o mundo. Não gostamos de coisas sempre iguais, sempre monótonas, sempre em seus lugares, 'acomodadas'. Gostamos mesmo é de agitação, de novidade, de um amor que nos tire o fôlego, chorar quando necessário, rir muitas e muitas vezes, conversar durante dias e não terminar o assunto... amar, amar, amar e amar.
Temos um perfil muito igual, muito harmonico, em sintonia.

O fato é... eu só existo com você ao meu lado."

3 comentários:

  1. Pessoas com coragem de verdade. Amor de verdade. Vida de verdade.
    :)


    Perfeito!

    ResponderExcluir
  2. Lindo de ler...
    Te seguindo, quando puder dê uma passadinha no meu cantinho!

    ResponderExcluir
  3. Maiara Albuquerque5 de dezembro de 2011 18:06

    Au fond de chaque âme il ya un trésor caché!

    ResponderExcluir